domingo, 28 de dezembro de 2008

Trevo


Adeus ano velho. Feliz ano novo.
Para trás ficam as comemorações passadas, as lembranças.
À frente o futuro, a esperança de muita sorte para os próximos dias.

E como a mente é livre,
Imagino ser um pequenino ser.
E enxergo com olhos de formiga,
A sorte da fartura do verão,
Que no futuro inverno alimentará.

3 comentários:

Carol, pros íntimos. disse...

Ficou muito bonito, Pê! Muito mesmo.
Parece que estamos fazendo parte deste mundinho. Sabe do que lembrei? De um filme que vi ainda criança: "Querida, encolhi as crianças". Tinha uma parte no jardim, eu adorava.
Meu sonho era vivenciar aquilo. Lembro das gotas de chuvas, encaradas pela visão dos pequenos seres, deste universo que tu fotografastes.
Obrigada por trazer boas lembranças.
Parabéns pela idéia.

Voltarei sempre =)

Beijinhos

Afrodite disse...

Feliz 2009 pra todos nós!
Bjos!

disse...

Cada olhar é uma nova descoberta.