sábado, 17 de janeiro de 2009

Sono

O sol de verão tem feito chegar aos 41 graus.
À noite, tá todo mundo fatigado.
Hora de curtir o frescor e o geladinho do vento.
A paz e o silêncio da escuridão.
Favor, não perturbe.
Imagem Realizada em 09/01/09, às 21h12

8 comentários:

... disse...

Ai que bonitinho...
Adoro sapinhos desde pequena...
Menina estranha eu né???
Mas esquisitices á parte esse sapinho tá no maior sossego, numa preguiça só heheheheeh
bj
Glaucia

José Rodrigues (JR.) disse...

Oi Pe, obrigado pela lembraça e pelo selo que voce dedicou ao experimentando versos. para mim, é sempre uma alegria receber tais premios sinceros.

eu costumo fazer comentarios enormes nos blogs que visito, mas, no seu caso, as palavras parecem que me abandonam e eu sitno com muito pouco ou quase nada a dizer. sabe por que ?
como dizem por ai, suas fotos dizem mais do que mil palavras.

abraços e até a proxima,

disse...

Gláucia, é não é dar sono só de olhar? Anteontem fotografei ela novamente, num outro vaso, dormindo profundamente! rs. Depois coloco por aqui.

Beijo!

disse...

Oi JR!

Não vale, tem que escrever! Vc que tem blog sabe o comentário faz parte do artigo, enriquece. Além disso, são os comentários que impulsionam a gente a continuar a manter o blog.

Abração!

JOTA ENE ® disse...

Wow...!!! Vc é mesmo artista, fot bem linda e o modelo /rs/ simpatizou com vc ao deixar-se fotografar.

Bjss!

disse...

JN, obrigada pelo "artista"! Nossa... vc sempre me deixa sem graça.
Essa simpática modelo realmente é uma graça! E olha que ela sempre volta a este vaso, me possibilitando fotografá-la novamente! Rs.
Grande beijo!

Petra disse...

Lindo... lindo... lindo...
Dá um soninho olhar pra ele...
Uma preguiça...
Que vontade de tirar uma soneca, daquelas de fim de tarde, quando tá aquela chuvinha.
Acho que ele vai com a tua cara, pra posar desse jeito.
Beijos pros dois!

disse...

Olha, a segunda Pê por aqui!! Que liiiiinda!!!!
Acredita que hoje eu fotografei ela de novo, no mesmo vaso? Ela sempre volta, acho que se sente segura, pois o vaso está pendurado na sombra da mangueira.
beijo mulher, que saudade. Que alegria te ver por aqui! :)